“O céu é só uma promessa”

Parafraseando Engenheiros do Hawaii, é essa sensação de promessa que muitos jovens sentem quando acabam as novidades e eles têm que lidar com todas as responsabilidades de morar longe da casa

 Marília Dalenogare

 A idéia de liberdade, ser dono do seu próprio nariz e não dever satisfações a ninguém (a não ser por telefone) em um primeiro momento pode parecer como um sonho realizado para a maioria dos jovens. Mas quando esses benefícios mostram-se acompanhados de outras faltas, a idéia de sair da casa dos pais não parece mais ser tão boa assim.

Roupa pra lavar, casa pra limpar, comida pra fazer, contas pra pagar, conteúdo pra estudar, essa liberdade toda vale a pena? (Fonte: Marília Dalenogare)

A maioria dos jovens passa a adolescência sonhando com o dia em que vão passar no vestibular, sair de casa, morar sozinho, ir para festas toda a noite, voltar a hora que quiser, limpar quando quiser e principalmente, se quiser. Estes são alguns dos prós e das idealizações dos jovens quando chega o dia de sair de casa. Porém, a medida que eles vivenciam essas experiências, outras vem junto, tais como ter que se virar sozinho em uma cidade estranha, adaptação em um lar completamente diferente, obrigações e responsabilidades que não serão mais resolvidas pelos pais, contas a pagar, serviços domésticos a fazer, além da saudade da família, é então que o sonho vira uma pesadelo.

O momento de sair de casa é um momento de grande transição que só se percebe depois que a euforia dos primeiros dias passa. Não são raras as vezes que tal liberdade se torna um fardo pesado demais para os estudantes, que acabam não aguentando a barra e voltando pra casa. Quadros de doenças psicológicas também é comum, a depressão é um exemplo recorrente.

Porém, a faculdade e toda essa nova experiência, podem mostrar-se muito produtiva e rica, se bem aproveitada pelos jovens. Este é o momento certo para eles pensarem se é isso mesmo que querem, além de aproveitar a independência pra experimentar coisas diferentes e ter uma idéia do que a vida lhe reserva. Sempre há a possibilidade de mudar. E a faculdade é o lugar certo pra testar as possibilidades.

Para a estudante do curso de Engenharia Florestal da Universidade Federal de Santa Maria – campus Frederico Westphalen, Fernanda Raquel Lambrecht, 19, de Ajuricaba, o período de adaptação foi a pior coisa em sair da casa dos pais. Ela diz que foi difícil chegar em uma cidade nova, não conhecendo nada, nem ninguém, por isso o primeiro semestre foi o pior, mas a partir do segundo semestre, com as amizades e bem adaptada em Frederico, já ficou mais fácil.

O fator financeiro também pesa na balança, pois as contas não são poucas: aluguel, comida, transporte, roupa, cursos, água, luz, internet, xérox, festa, etc. Não é fácil, nem barato manter um estudante em outra cidade. Isso também deve ser um dos pontos avaliados pelos estudantes na hora de ir em frente ou de desistir. Além de que o fator financeiro e a faculdade também condicionam a almejada liberdade, pois o poder de decidir quando sair e aonde ir é seu, porém os trabalhos de faculdades, os compromissos, as provas, e os cursos acabam tomando grande parte do tempo dos estudantes, e a falta de dinheiro também não permite o estudante sair sempre que quiser.

Já para a estudante de Agronomia, Francine Lautenchleger, 19, de Horizontina,  “a experiência de morar longe de casa foi como o imaginado, e não foi difícil a adaptação, tem o lado bom, que é a liberdade, não precisar explicar ou pedir autorização pra fazer o que tem vontade e o lado ruim que é o aumento das responsabilidades, mas pra quem já fazia as coisas em casa, não é o maior problema, apesar da saudade da família, dá pra ter um gostinho do que é a independência”.

Como tudo na vida, sair da casa dos pais tem seus dois lados, tem suas vantagens e desvantagens, porém as desvantagens devem ser refletidas e encaradas, porque na maioria das vezes, não vale a pena jogar seu futuro fora por uma pilha de louça suja ou o quinto miojo seguido na semana…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s